Histórico

Fundada em 12 de abril de 1973, durante a expansão canavieira no Brasil, a Usina Seresta surgiu da união de dois grandes empresários alagoanos: o senador Teotônio Vilela, da Usina Boa Sorte, localizada em Viçosa-AL, e Geraldo Gomes de Barros, da Usina Santa Amália, de União dos Palmares-AL.

 
Desta aliança entre duas famílias, que permanece até hoje, surgiu na cidade de Teotônio Vilela uma das mais destacadas usinas de Alagoas, com um quadro fixo de mais de 700 colaboradores e com capacidade produtiva de 1.450.000 toneladas por safra.
 
Além disso, a Usina Seresta é hoje uma das empresas alagoanas que mais investe em ações socioambientais e em tecnologia, projetando grandes conquistas e excelentes resultados.